Glossário

Este é um pequeno glossário de algumas doenças que serão sitadas nos próximos posts, e é interessante que saibamos sobre elas para melhor compreensão do  assunto seguinte.

Sepse

 A sepse ou sepsis é uma síndrome que surge nos pacientes com infecções severas. É caracterizada por um estado de inflamação que ocorre em todo o organismo, devido a invasão de agentes infecciosos (geralmente bactérias) na corrente sanguínea.

Todo mundo já teve uma inflamação, seja no dente, na pele ou em qualquer outro ponto do corpo. Imagine agora esse processo ocorrendo internamente e de modo simultâneo em todos os vasos sanguíneos e órgãos.

Esta é a resposta inflamatória do organismo a uma invasão microbiana maciça, uma inflamação em todo o corpo. Esta inflamação é tão intensa que pode causar diversos distúrbios, como choque circulatório, alterações na coagulação e até falência múltipla de órgãos.

O processo inflamatório difuso causa uma dilatação dos vasos, levando a uma queda abrupta da pressão arterial, que caracteriza o estado de choque circulatório (choque séptico). Ainda nos vasos ocorre um aumento da permeabilidade dos mesmos, facilitando o extravasamento de líquidos para órgãos, causando a formação de edemas e inundação dos pulmões.

Essas alterações da permeabilidade e pressão circulatória, diminuem o aporte de oxigênio e nutrientes aos tecidos, levando a falência dos orgãos. O sistema de coagulação também é afetado e um dos eventos mais dramáticos da sepse é a coagulação intravascular disseminada (CIVD), um processo onde acontece simultaneamente a formação de múltiplos trombos e a presença de hemorragias. Doente com sepse grave pode apresentar necrose dos membros por trombose e sangramentos do sistema digestivo.

Quanto mais grave for a sepse, maior é o risco de morte. A sepse severa chega a ter uma mortalidade maior que 50%. Quanto mais precocemente for abordada, maiores são as chances de sobrevivência.

O tratamento da sepse deve ser iniciado o mais rápido possível. Quanto maior e mais difuso for a inflamação sistêmica, menor é a resposta e maior a mortalidade.

O tratamento é com antibióticos para eliminar as bactérias e interromper o fator de estímulo, e com reposição de líquidos por via venosa para reverter a hipotensão. Nos casos de choque pode ser necessário uso de medicamentos para estabilizar a pressão arterial. Muitos doentes evoluem com insuficiência respiratória e renal, necessitando de ventilação artificial e hemodiálise, respectivamente.

Quantos mais órgãos forem entrando em falência, maior o risco de morte. Doentes com sepse grave ou choque séptico são tratados em CTI.

Portanto, não menospreze a presença de uma infecção, principalmente se houver febre alta. O tratamento precoce pode evitar a evolução da doença para um quadro fatal.

Necrose

Necrose é a morte da célula ou parte de um tecido que compõe o organismo vivo. É a manifestação final de uma célula que sofreu uma lesão irreversível, em outras palavras é quando param as funções orgânicas e os processos reversíveis do metabolismo.

Existem vários tipos de necrose, uma das mais comuns é a necrose gangrenosa, que é provocada pela ação de microrganismos. Pode ser úmida ou seca, dependendo da quantidade de água existente. A forma seca ocorre quando há perdas de líquidos por evaporação, insuficiência de afluxo de líquidos nutrientes, ou quando os tecidos sofrem a ação de determinadas substâncias químicas. Os tecidos apresentam-se secos, duros, escuros e apergaminhados (como as múmias). A forma úmida está associada com a proliferação de germes da gangrena, devido à presença de líquidos nutridores nos tecidos. Exalam um odor pútrido; frequentemente há a formação de bolhas gasosas.

Abscessos

Um abscesso é uma cavidade contendo pus, circundada por um tecido inflamado, formado como resultado de uma infecção localizada.

Um abscesso pode desenvolver-se, ampliar ou diminuir, dependendo dos microorganismos ou leucócitos (glóbulos brancos), em qualquer local do corpo. Os abscessos podem se desenvolver em qualquer órgão e nos tecidos moles abaixo da pele em qualquer área.

Os locais mais comuns incluem a mama, gengiva e a área peri-retal. Os locais mais raros são o fígado e o cérebro. Os locais mais comuns para o aparecimento de abcessos sob a pele incluem a axila e na virilha. Essas duas áreas têm um grande número de gânglios linfáticos, que são os responsáveis por combater a infecção.

Um abscesso de terceiro grau é aquele no qual uma pequena cavidade do abcesso sob a pele liga-se através de uma cavidade (canal) para tecidos mais profundos.

Peritonite

Peritonite é a inflamação do peritônio, que é uma membrana serosa que reveste a cavidade abdominal (peritônio parietal) e também algumas vísceras (peritônio visceral).

Este tipo de afecção pode ser difusa ou localiza e, primária ou secundária. A primária relaciona-se com a disseminação bacteriana diretamente pela cavidade abdominal, sem que haja perfuração de uma víscera oca. Já a secundária, que é muito mais comum está relacionada com infecções intra-abdominais causadas por bactérias e/ou suas toxinas. Estas chegam à cavidade quando há o rompimento de alguma víscera oca, como intestino, apêndice e estômago. Outras causas podem ser inflamação da vesícula biliar ou enzimas geradas por uma inflamação do pâncreas, úlceras perfuradas, complicações renal ou hepática, complicações da diálise peritoneal.

O primeiro sinal clínico observado é a dor e sensibilidade abdominal, agravada durante a movimentação. Outros sintomas são: líquido no abdômen (ascite), não evacuação de fezes ou gases, distensão abdominal, febre, baixa produção de urina, náuseas, vômitos e sede.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s